Significado das Tatuagens de Âncora

É amplamente difundido que a âncora é um dos desenhos precursores e que mais ajudaram a difundir a fama da tatuagem ao redor do mundo. Mas sabe tudo que uma tattoo de âncora pode significar?

Os Primórdios da Tatuagem

Os marinheiros são considerados os grandes responsáveis por disseminar a tatuagem nos “tempos modernos”. Foi essa classe de trabalhadores que ostentavam suas tatuagens, já que isso os diferenciava enquanto grupo e mostrava o orgulho de sua profissão e ligação com o mar. A popularização das tattoos entre os marinheiros ocorreu no finalzinho do século XIX e início do XX. E qual era a principal tatuagem que figurava em partes visíveis de seus corpos, em especial nos braços? Justamente a âncora.

Reza a lenda que o primeiro marinheiro a tatuar uma âncora atravessou o Atlântico indo e voltando em segurança.

Foi assim que as tatuagens passaram a figurar na paisagem urbana cotidiana . E nesse embalo a âncora se tornou um dos desenhos mais populares entre as tattoos, fato que prevalece até os dias de hoje.

A Âncora na História do Homem

A âncora vem sendo símbolo relevante em diversas culturas ao longo da História. Em Roma, simbolizava Netuno, deus do mar. Antes disso, eram Amphitrite e Poseidon,  respectivamente deusa e deus do mar, que entre os gregos eram associados à âncora. Ainda na Grécia Antiga há Tritão: meio homem, meio peixe.

Indo para além do homem mediterrâneo, na rica mitologia escandinava há Rán, antiga deusa norsa cuja aparência é afetada por puxar âncoras. Passando para a mitologia hindu, há Varena, a deusa do oceano.

Já na Idade Média, entre os maçons é possível ver a âncora como substituta da escada de Jacob, representando materialmente a ascensão rumo à essência. Sempre houve ainda a possibilidade de agregar à âncora outros elementos,  atribuindo-lhe novos significados. No Renascimento era lugar comum o par golfinho-âncora como síntese do equilíbrio entre ação e pensamento. Já no Egito Antigo a âncora aparecia junto de uma embarcação,  sendo as curvas de sua parte inferior representante do feminino e o mastro ereto a virilidade, que somados representavam a criação.

A Âncora na Religião

É válido abrir um parênteses aqui para citar a âncora dentro do contexto religioso. No cristianismo primitivo, a âncora com o elo sobre a barra horizontal era utilizada como símbolo da Virtude, assemelhando-se assim à cruz e ainda com a vantagem de passar despercebida a não-cristãos.

É possível localizar até em Segundo Hebreus 6:19 uma citação direta à âncora: “Nós temos a esperança como uma âncora para a alma, firme e segura”.

Significado das Tatuagens de Âncora

Assim como no mar a âncora é sinônimo de firmeza para a embarcação, uma tatuagem com esse desenho pode representar firmeza, segurança, convicção, tanto física quanto ideológica. Em contrapartida, seu peso pode representar também um atraso, um fardo a ser carregado. A isso se ligam ideias de abrigo, proteção, apoio, estabilidade e confiança.

Curtiu?

Deixe seu comentário: